ESTUDO SOBRE DORES NAS COSTAS RESOLVIDAS COM PILATES

Em 2006, 43 pacientes completaram um estudo onde eles sofriam de dor lombar não específica por mais de 3 meses e realizaram o tratamento usual (Escola de Postura) ou exercícios de Pilates.

O grupo Pilates mostrou melhor adesão e resposta subjetiva ao tratamento e também demonstrou resultados semelhantes ao tratamento usual, sugerindo que o Pilates poderia ser utilizado como uma abordagem alternativa ao tratamento para aqueles com dor lombar crônica.

Em 2008, foi publicado um artigo de revisão sobre Pilates e tratamento da lombalgia. Apenas 3 estudos preencheram os critérios para inclusão da revisão, no entanto, os autores observaram que os resultados dos estudos demonstraram efeitos positivos, como melhora da função geral e redução da dor ao aplicar o método Pilates no tratamento de dores na lombar não específica em adulto.

https://pilatesstfit.com.br/

Mais pesquisas são necessárias para determinar quais parâmetros específicos devem ser aplicados ao prescrever exercícios com base no Pilates, no entanto, o número limitado de estudos que foram concluídos sugere que o Pilates tem efeitos benéficos em termos de diminuição da dor e incapacidade em pacientes com dores na lombar inespecífica.

Uma análise mais recente avaliou a influência da dor na força vertical de reação ao solo em pacientes com problemas lombares e o efeito do método pilates bh na marcha desses pacientes. Os resultados deste estudo sugerem que os pacientes com dor lombar podem desenvolver estratégias para atenuar a quantidade de força imposta em seu corpo e mostraram que, após 15 sessões de Pilates, os sujeitos melhoraram a descarga de peso na marcha e reduziram a dor.

Comments are closed.